#Comportamento – O sonho de ser mãe

Imagem

Olá meninas, tudo bem?

O vinculo que formei em primeira gestação com minha filha Alice é e sempre será único, e a dor de perde la antes mesmo que eu pudesse conhece la foi muito grande, e ainda é.

Mas religião aparte, tenho minhas crenças e acredito que pela forma que tudo aconteceu eu ainda volte a te la em meus braços, é por mérito que irei conquistar essa benção, então por isso todos os dias da minha vida tento pensar positivo, agir com caridade e ajudar pessoas a não chegar ao ponto que eu cheguei, sem ver a saída do fim do túnel.

Tudo é cinza quando passamos para esse lado da vida, é como uma prisão perpetua sem fim, sem sorrisos, sem expectativas, mas como podemos sofrer tanto por alguém que nem sabemos como seria?  Como  seria sua personalidade? E quando crescesse? Sim,muita gente quando passa por isso, perde o “bebê”. Ta ai meu problema, nunca imaginei Alice como somente um bebê, sempre imaginei ela com todas as idades nosso envolvimento estava longe de ser apenas naquela gestação, era uma coisa de alma, de vidas passadas talvez, mas de alguma forma dentro de mim eu sinto que nasci para ser mãe dela e que em todas as crenças e religiões até mesmo mitológicas aquela menina seria minha filha.

Um sentimento tão forte que hoje sufoco dentro do meu peito esperando a hora que eu possa ter ela de volta para mim, parece triste mais enfim em vez de morrer de amor literalmente eu resolvi transformar essa dor em missão, é ai que as coisas começaram a dar certo.

Quando a gente passa por uma perda assim, você escuta que no começo é compreensível porque é recente, depois você escuta que logo terá ‘outro’ bebê, que você é jovem, e etc…

Mas quem sente sabe que não morre o sentimento, e nunca morrerá e hoje de alguma forma acho que eu não saberia administrar uma nova gestação e talvez, ‘talvez’ aceitar que não poderia ser ela que voltasse para mim, então prefiro esperar até que minha cabeça volte ou não, a esperar que o tempo me de o entendimento e me traga surpresas novamente.

O sonho sempre estará presente, está presente em minha respiração, todos os dias, a saudade se confunde com esse sonho, então esperar é o que eu posso fazer até que a vida me traga essa dadiva e eu consiga me predispor a entende la no momento da forma que nos faça mais feliz!

Hoje, o foco é recuperar a auto estima e sentir bem para que enfim mais pra frente esse sonho seja realizado com toda pompa e circunstancia.

Por enquanto, fico com Alice de onde está me guiando neste novo projeto e ajudando pessoas que assim como eu merecem dar a volta por cima, e renascer das cinzas para uma vida não tão cinza, mas colorida o suficiente para alegrar sua família, marido e principalmente pela busca constante do amor próprio.

wpid-logo-clin-peq19

Anúncios

Marcado:

2 pensamentos sobre “#Comportamento – O sonho de ser mãe

  1. Alessandra Rafaella L Alencar 8 de outubro de 2013 às 22:33 Reply

    realmente e triste so sabe qm passa.eu tenho uma filha de 5 anos perde recentemente gemeos ‘
    fico toda hora lembrando dos meus planos e agora nao tenho mas coragem de ser mae de novo tenho medo……

    • corponovomentenova 9 de outubro de 2013 às 23:56 Reply

      Tenha fé minha amiga, tenho a certeza que Deus te trará o entendimento de tudo e um dia quem sabe você ainda queira ser mãe.
      Boa sorte Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: