#Saúde -O câncer e tudo que você precisa saber…

20140721-201014-72614865.jpg

Olá, meninas tudo bem?

Hoje o assunto é coisa séria!

É, eu demorei para elaborar essa pauta, porque eu achava que ela tinha que ser leve, singela e motivadora, porém, como tornar um assunto tão pesado em algo inspirador? Principalmente para mim que nunca fui próxima a ninguém com essa doença. Mas, nessa vida virtual venho acompanhando pelo Instagram várias histórias, até de blogueiras que passaram por essa doença e hoje motivam milhares de pessoas, e motivar pessoas é o que me conquista!

Então, resolvi que devia ser verdadeira sabe, porque na minha opinião ter Gripe já é ruim, logo, ter Câncer deve ser horrivel, mas sendo uma prova viva que a fé e a boa vontade cura males impossíveis, tenho certeza que se a pessoa ter força e não se abater, com certeza ela terá muito mais chances de superar o problema!

20140721-203450-74090100.jpg

Bom então de inicio vamos aprender o que realmente significa o Câncer, como ele é e quem ele atinge:

Câncer é o termo usado para designar um conjunto de mais de cem doenças caracterizadas pela proliferação descontrolada de células, o que leva à formação de um tecido anormal: o tumor. Quando há disseminação de células cancerosas para outras regiões do corpo e formação de tumores secundários, trata-se de uma metástase.

Em um organismo saudável, há equilíbrio entre o número de células mortas (por morte celular programada, doenças ou lesões) e a proliferação de novas células. Isso garante a integridade de tecidos e órgãos. Entretanto, mutações no DNA – alterações no código genético que “dita” as regras do corpo – podem perturbar os processos, fazendo com que células não morram no tempo certo, levando à formação de tumores benignos (que não se espalham) e malignos (câncer). Alguns tipos de câncer, como a leucemia, não formam tumores.

A formação do câncer pode ser induzida por fatores internos (herança genética) ou externos (exposição a agentes cancerígenos, hábitos alimentares, entre outros) ou por ambos simultaneamente.

A menor parte dos casos é relacionada a influências genéticas, que tornam o organismo incapaz de se defender de uma ameaça. Na maioria das vezes, a doença está associada a fatores ambientais, como o tabagismo, exposição prolongada e frequente aos raios solares e a infecções virais.

O processo de carcinogênese, ou desenvolvimento do câncer, ocorre lentamente. No primeiro estágio, células sofrem o efeito de agentes cancerígenos que alteram seus genes. No estágio de promoção, elas são transformadas em células cancerosas após o contínuo e longo contato com o agente cancerígeno. No estágio final, o estágio da progressão, ocorre a multiplicação celular descontrolada e irreversível. É quando surgem os primeiros sintomas.

A doença pode ocorrer em qualquer tecido do corpo. Os tipos de câncer são agrupados em grandes categorias: os carcinomas, os sarcomas, as leucemias, os linfomas e mielomas e os tumores do sistema nervoso central.

Os carcinomas são tumores malignos que se originam nas células epiteliais ou glandulares (adenocarcinoma) com forte tendência a invadir tecidos vizinhos. São os mais comuns entre todos os tipos, compreendendo o câncer de mama, de pulmão, de bexiga, de próstata, de pele, de estômago, de ovário e de pâncreas, entre outros.

Sarcomas, conhecidos como tumores malignos dos tecidos moles, podem se originar em ossos, cartilagens, gordura, músculo, vasos sanguíneos ou tecidos moles. Ocorrem mais frequentemente em crianças e adolescentes. Os mais comuns são: sarcoma de Kaposi, que atinge o tecido que reveste os vasos linfáticos; sarcoma de Ewing, que atinge o osso; osteosarcoma, o mais comum câncer primário de osso, e o liposarcoma, que afeta os tecidos profundos das extremidades do retroperitônio.

As leucemias são caracterizadas pelo acúmulo de células jovens (blásticas) anormais na medula óssea. Aos poucos, estas células substituem as células normais do sangue, prejudicando a produção de glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas. As mais comuns são: leucemia linfoide aguda ou linfoblástica, leucemia mieloide crônica e leucemia linfocítica crônica.

Linfomas são tumores malignos do sistema linfático, podendo atingir todas as glândulas linfáticas, apenas um linfonodo ou se espalhar por todo o corpo. Os linfomas mais comuns são o linfoma de Hodgkin e o linfoma não-Hodgkin, divergindo na célula de origem (células T ou células B). O mieloma é um grupo de doenças caracterizado pela proliferação descontrolada de células plasmáticas, principalmente na medula óssea.

Tumores do sistema nervoso central acometem o cérebro e geralmente se originam nas células gliais, que dão suporte aos neurônios. Os mais comuns são os meningiomas, desencadeados por meningites; meduloblastomas, que afetam o cerebelo, e os astrocitomas, que se desenvolvem nos astrócitos (abrangendo o gliobastoma muliforme, tipo mais comum de câncer no cérebro).

Curiosidades

Câncer é a palavra latina para caranguejo, um animal capaz de se agarrar com tenacidade a outros animais por causa de suas patas, que têm uma enorme capacidade de se grudar às presas.

Estudos recentes demonstraram que os microtentáculos formados pelas células cancerosas podem desempenhar um papel fundamental na metástase. Ao formar estas estruturas, as células cancerosas se desgrudam do tumor primário e passam a circular no sangue como barcos a remo até encontrar um novo tecido.

Atualmente, milhares de dólares são investidos em pesquisas para o desenvolvimento de novos medicamentos contra o câncer. Uma abordagem bastante promissora é a nanomedicina, que consiste na manipulação de nanopartículas (moléculas 90 mil vezes menores do que a espessura de um fio de cabelo) para a entrega de fármacos apenas às células cancerosas. Outra abordagem interessante é a utilização de vírus reprogramados para encontrar, modificar e destruir as células do câncer.

A alimentação pode diminuir o risco de uma pessoa desenvolver o câncer. Sabe-se, por exemplo, que o consumo frequente de carne bem passada pode aumentar as chances de câncer de bexiga. A ingestão de álcool durante a gravidez aumenta o risco de o filho desenvolver leucemia no futuro. Farelo de trigo, rico em vitamina B6, pode reduzir o risco de câncer de pulmão pela metade. Azeite de oliva e suplementos de óleo de peixe protegem contra o câncer de mama.

20140721-204016-74416506.jpg

Confira os famosos que lutaram contra essa doença. Alguns a venceram, outros não. Mas a determinação, a força e fé de todos, fizeram deles, grandes exemplos para a sociedade.

Ana Maria Braga
Apresentadora do Mais Você

Ana Maria teve câncer de pele em 1991. Cerca de sete anos depois, a apresentadora retirou um tumor benigno no útero. Em julho de 2001, estava com câncer no reto.

Drica Moraes
Atriz

Depois de ser internada com dores e desmaios, a atriz foi diagnosticada com leucemia em 2010, venceu a batalha pela vida e já está de volta na telinha.

20140721-204246-74566936.jpg

Patrícia Pillar
Atriz

A atriz passou por quimioterapia e outros procedimentos para curar um câncer de mama.

Joana Fomm
Atriz

Joana teve câncer de mama em 2007 e está curada.

Neguinho da Beija-Flor
Sambista

Neguinho da Beija-Flor lutou contra um câncer no intestino em 2008.

Lula
Ex-presidente da República

O ex-presidente da República, Lula, também foi vítima da doença. Ele tratou de um câncer na laringe, se diz curado e disposto a voltar às atividades políticas.

Elba Ramalho
Cantora

Elba recebeu a notícia de que estava com câncer de mama em 2010. A cantora passou por uma cirurgia para a retirada de um nódulo no seio e seguiu em tratamento de radioterapia, obtendo sucesso na cura.

Sheryl Crow
Cantora norte-americana de country-rock

A cantora descobriu que tinha câncer de mama em 2006. Após cancelar uma turnê, passou por cirurgia e sessões de radioterapia. Depois de curada, Sheryl disse que o diagnóstico precoce a fez escapar da quimioterapia.

Brigitte Bardot
Atriz francesa
Ela descobriu que tinha câncer de mama entre 1983 e 1984. No início, relutou a fazer o tratamento, pois acreditava que era seu destino. Uma amiga convenceu-a a iniciar o tratamento que a deixou curada. Hoje, ela tem 79 anos.

Angelina Jolie
Atriz americana

A atriz contou que passou por uma dupla mastectomia preventiva para reduzir o risco elevado de câncer de mama. Em um artigo publicado no jornal The New York Times, a atriz de 37 anos explica que além do risco de ter câncer de mama, há também 50% de chance de desenvolver câncer de ovário.

Kylie Minogue
Cantora australiana

A cantora australiana passou por dois médicos para descobrir um nódulo em sua mama esquerda, em 2005. Passou por uma mastectomia parcial e fez três anos de quimioterapia e radioterapia até ficar curada.

Shirley Temple
Atriz norte-americana

A atriz descobriu que tinha câncer de mama em 1972, aos 44 anos. Hoje, com 84 anos, é considerada a primeira personalidade a admitir a doença em público. O objetivo foi encorajar outras mulheres a prevenirem este problema.

20140721-204650-74810448.jpg

Reynaldo Gianecchini
Ator

Diagnosticado com um câncer no sistema linfático, o ator se curou após tratamento e um auto transplante de células tronco.

Glória Perez
Autora de novelas

Glória soube que tinha um linfoma no pescoço em 2009. Ela alternava redação de capítulos com sessões de quimioterapia.

José de Alencar
Ex-vice-presidente da República

O ex-vice-presidente da República, mesmo morrendo em decorrência de um câncer na região abdominal, batalhou por anos contra a doença.

20140721-204853-74933869.jpg

Hebe Camargo
Apresentadora de TV

A eterna rainha da televisão brasileira foi diagnosticada com câncer no peritônio em 2010, passou por tratamento, mas não sobreviveu. Morreu em setembro de 2012.

Márcia Cabrita
Atriz

Márcia foi diagnosticada com câncer no ovário em 2010. Atualmente, está curada, mas não abandonou o diário online onde continua expressando seus pensamentos e sentimentos sobre a doença.

Dilma Rousseff
Presidente da República

A presidente cuidou de um câncer linfático descoberto em 2009, hoje considerado curado pelos médicos. Durante o tratamento, Dilma estava em campanha política.

Herson Capri
Ator

O ator que tinha câncer no pulmão em 1999. Após a retirada do tumor, Herson não apresentou mais sintomas.

Oscar Shimidt
Ex-jogador de basquete

O maior jogador de basquete brasileiro de todos os tempos, Oscar Shimidt, de 55 anos, luta contra um câncer no cérebro. Em 2011, o ex-jogador passou por uma cirurgia para a retirada de um tumor. Agora, com a volta da doença, Schimidt está fazendo quimioterapia e, inclusive, já passou por outra cirurgia no fim do mês de abril no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para a retirada do tumor.

20140721-204947-74987052.jpg

Jane Fonda
Atriz americana

A atriz, duas vezes vencedora do Oscar, identificou um tumor no seio durante um exame de rotina em 2010. Passou por uma mastectomia em novembro do mesmo ano, quando se recuperou da doença.

Roberto Jefferson
Ex-deputado

O ex-deputado Roberto Jefferson, delator do esquema do mensalão em 2005, foi diagnosticado com câncer de pâncreas em julho de 2012. O político foi submetido a uma cirurgia para a retirada do tumor e a sessões de quimioterapia.

Joyce Pascowitch
Jornalista

A jornalista descobriu que tinha um nódulo no seio em março de 2008 e foi operada em abril para a retirada do nódulo de cerca de 1 centímetro. Depois, fez quimioterapia, que era aconselhável, mas não obrigatória, pelo tamanho reduzido do nódulo. “Mas eu decidi fazer. Imagina, eu ando em carro blindado, não vou blindar o meu corpo?”, disse Joyce à revista Veja.

Cynthia Nixon
Atriz

Famosa por sua atuação na série “Sex and The City”, a atriz foi diagnosticada com a doença em 2006. Após passar por mastectomia e radioterapia, ela se livrou da doença. Só tornou pública a doença em 2008. Hoje, Cynthia é ativista e luta a favor da prevenção do câncer de mama.

Esse ano de 2014 foi marcado pelo lançamento desse grande livro de sucesso nos cinemas brasileiros, uma história de amor jovem inserida no contexto da doença como enredo dessa história, veja:

20140721-205258-75178896.jpg

A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer – a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

20140721-205452-75292798.jpg

Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.

20140721-205544-75344057.jpg

O livro conta a história de Hazel Grace, uma adolescente de 16 anos tem câncer nos pulmões e já passou por algumas cirurgias para drenar a quantidade de água acumulada neles, a Hazel é uma paciente terminal, os médicos podem aumentar o tempo de vida dela controlando o crescimento dos tumores, mas não podem fazer com que ela viva até ficar velha, ela frequenta um grupo de apoio a crianças com câncer em uma igreja e em um dia comum onde vai até lá, ela encontra um garoto diferente, que nunca tinha visto antes, a encarando de modo estranho, seu nome?

20140721-205648-75408015.jpg

Agustus Waters, para os íntimos, Gus, eles acabam se conhecendo e alimentando um romance muito forte, ambos são donos de frases filosóficas que questionam as leis do universo, e ambos são doidos para descobrir o que acontece no final de seu livro favorito: Uma Aflição Imperial, já que o autor do livro não conclui a história, terminando-o no meio de uma frase. Movidos pelo desejo de descobrir o final do livro eles se envolvem em várias aventuras, onde o amor dos dois aumenta e eles vivem experiências inesquecíveis, experiências essas que envolvem drama, amor, ódio, brigas e, claro, câncer e seus efeitos colaterais, como estar morrendo…

20140721-205736-75456545.jpg

Filmes que retratam a doença de uma forma emocionante:

Título: Doce Novembro (Sweet November)

Ano: 2001

Diretor: Pat O’Connor

Atores: Keanu Reeves, Charlize Theron e Jason Isaacs

Sinopse: Nelson Moss é um atarefado executivo que só pensa em seu trabalho e parece ter se esquecido de o que é ser amado por alguém. Até que conhece Sara Deever), que lhe traz de volta o romantismo à sua vida. No entanto, ela o convence de passarem um mês juntos e depois se separarem, pois considera este um tempo suficiente para que possam resolver seus problemas emocionais. Porém, Nelson se apaixona por Sara e busca descobrir o medo que ela tem de um compromisso.

Título: Um Amor para Recordar (A Walk to Remember)

Ano: 2002

Diretor: Adam Shankman
Atores: Mandy Moore, Shane West e Peter Coyote

Sinopse: Em plenos anos 90, Landon Carter é punido por ter feito uma brincadeira de mal gosto em sua escola. Como punição é encarregado de participar de uma peça teatral em sua escola. Quando conhece Jamie Sullivan, uma jovem estudante de uma escola pobre. Com o tempo Landon se apaixona por Jamie que, por razões pessoais, faz de tudo para escapar de seu assédio.

Título: Garotas do Calendário (Calendar Girls)

Ano: 2003

Diretor: Nigel Cole

Atores: Helen Mirren, Julie Walters, Penelope Wilton

Sinopse: A história de Chris e Annie, amigas diferentes entre si, mas inseparáveis, que vivem em uma cidade inglesa. Chris é integrante do Women’s Institute. Quando o marido de Annie morre de leucemia ela resolve se juntar ao grupo, em um movimento para ajudar o hospital local. A campanha, consiste em fazer um calendário com uma integrante do Instituto para cada mês, porém, as mulheres devem aparecer nuas.

E, como não se emocionar com essas histórias abaixo?

20140721-205947-75587169.jpg

O fotógrafo Angelo Merendino resolveu registrar a emocionante da luta de sua esposa contra o câncer de mama. A série “A batalha que não escolhemos” virou exposição e livro nos EUA. As fotos em preto e branco mostram os desafios e a alegria de viver de Jeniffer Merendino, que morreu aos 40 anos em dezembro de 2011. “Se você conhece alguém que tenha câncer de mama, você não precisa ter as respotas, só precisa estar lá. Mande uma mensagem dizendo que ama a pessoa”, disse o viúvo ao jornal Today. Hoje, Angelo comanda a ONG “The love you share” (“o amor que você compartilha”, em tradução livre), que ajuda pessoas com câncer por meio de pequenos gestos, como alimentação e transporte.

20140721-210053-75653028.jpg

Ben Nunery e sua jovem filha, Olivia, publicaram uma série de imagens bela e emocionante, que serviu para se despedir da esposa e mãe Ali, que morreu de câncer em 2011 com 31 anos de idade.

Ben e Ali se casaram em 2009. Como tinham acabado de comprar a casa, decidiram que lá seria o melhor lugar para as fotos onde passariam o resto da vida. Infelizmente, Ali faleceu 2 anos e meio depois. Tendo que sair da casa que ficou grande demais para eles, Ben, Olivia e a irmã de Ali, a fotógrafa Melanie Tracy Pace, se juntaram para fazer um último ensaio naquela casa que haviam comprado com amor e onde viveram felizes enquanto puderam. O resultado das fotos é uma emocionante despedida. O ensaio acabou sendo também uma lembrança dos três anos da menina Olivia.

20140721-210212-75732526.jpg

20140721-210212-75732860.jpg

Posso concluir com toda certeza que a vida realmente não é algo controlável, por isso as melhores coisas da vida, não são coisas! Valorize o tempo, principalmente o tempo que você tem com as pessoas que te amam, porque o amanha é cruel, e nunca sabemos independente de qualquer coisa quanto tempo temos com as pessoas que nos cercam, quanto será necessário para enxergarmos o verdadeiro valor de tudo que não podemos pagar e entender que ser livre…

Não tem preço!

Até a proxima!

Fonte:
http://saude.ig.com.br/
http://veja.abril.com.br/
http://www.oncoguia.org.br/
http://www.hypeness.com.br/
http://noticias.bol.uol.com.br/
http://letrasdepijamas.blogspot.com/

wpid-logo-clin-peq19
.

Anúncios

Marcado:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: