Arquivo mensal: fevereiro 2015

#Cultura – As Melhores Trilogias de Todos os Tempos.

Olá meninas, tudo bem?

Bom, que sou uma nerdizinha assumida vocês já perceberam né?

Mas quer saber quais são minhas trilogias favoritas? As melhores de todos os tempos na minha opinião?

Vamos lá conhecer:

Senhor dos Anéis

 Senhor dos AnéisO Senhor dos Anéis – A Sociedade do Anel: 2001

 O Senhor dos Anéis: As Duas Torres: 2002

 O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei: 2003

Uma das história épicas mais bem elaboradas que já passaram pelas telas. Se colocando como um filme inovador, Senhor dos Anéis conseguiu surpreender ao representar o livro, extremamente rico em detalhes, complexo e desafiador para ser transformado em filme, com delicadeza e inteligência, transformando aquilo que poderia ter sido um desastre, em algo grandioso e apaixonante.

Eu demorei para me render a ela, mais quando resolvi parar a e assistir me apaixonei!

O Hobit

O Hobbit: Uma jornada inesperada:  2012

O Hobbit: A desolação de Smaug: 2013

O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos:  2014

Tolkien usou o termo “Middle-earth” (Terra-Média) para descrever o mundo imaginário criado por ele, apresentado em grande parte de seus livros. Toda a trilogia de O Hobbit acontece nesse mundo mágico. Prólogo de O Senhor dos Anéis, a trilogia de O Hobbit situa-se 60 anos antes de Frodo embarcar em sua jornada épica. O uso das paisagens fantásticas da Nova Zelândia por Peter Jackson torna a fábula ainda mais encantadora.

Star trek

Star trek: 2009

Star trek além da escridão: 2013

Star trek 3: 2016

James Tiberious Kirk (Chris Pine) é um jovem rebelde inconformado com a morte de seu pai. Certo dia, recebe convite para fazer parte da formação de novos cadetes para a Frota Estelar. Uma vez lá conhece Spock (Zachary Quinto), um vulcano que optou por deixar seu planeta porque é metade humano e discordava do preconceito. Durante o treinamento, e também na primeira missão, os dois vivenciam novas experiências provocadas por seus estilos diametralmente opostos. Assim, Spock, o cerebral, e Kirk, o passional, viverão uma grande aventura ao lado de outros tradicionais integrantes da tripulação da U.S.S. Enterprise, a mais avançada nave espacial da época.

Jogos vorazes

Jogos vorazes : 2012

Jogos Vorazes em chamas: 2013

Jogos Vorazes A esperança parte 1: 2014

Jogos Vorazes A esperança parte 2: 2015

Panem é uma nação resultante de uma sequência de guerras e desastres onde, no passado, foi a América do Norte. Composta por treze distritos, Panem sofreu um período crítico chamado ‘Dias Escuros’, onde todos os distritos se rebelaram. Doze deles foram derrotados e o último, dizimado. Então, a Capital passou a governá-los. Para relembrar esses dias (e reafirmar seu poder, ano após ano), ela lançou os Jogos Vorazes:reality show anual, onde cada distrito oferece dois distritos. No caso, jovens (um representante de cada sexo) de 12 à 18 anos são sorteados para lutarem até a morte numa Arena -floresta, deserto, enfim – (cheia de perigos, armadilhas e emboscadas), onde apenas uma pessoa sai vitoriosa (com vida), às custas da morte de todas as outras. No distrito 12, pobre local que produz carvão para a Capital, Katniss Everdeen se oferece como tributo após sua irmã mais nova (sem qualquer chance de ganhar os jogos) ter sido sorteada. Tudo para protegê-la. Assim, Katniss e Peeta Mellark♥ (o representante do sexo masculino) se dirigem à Capital para encontrar os demais participantes na Arena e viverem dias de luta, dias de glória de muita dor, luta e desespero.

Harry Potter

 Harry Potter e pedra filosofal: 2001

Harry Potter e a câmara secreta: 2002

Harry Potter e o prisioneiro de azkaban: 2004

Harry Potter e o cálice de fogo: 2005

Harry Potter e a ordem da fênix: 2007

Harry Potter e o enigma do príncipe: 2009

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1: 2010

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2: 2011

Harry Potter  é um dos best seller mais conhecidos do mundo, a epopeia do menino bruxo escrita J. K. Rowling, adaptada pela indústria cinematográfica virou simbolo da juventude moderna, resinificando ficcionalmente um imaginário místico antigo, dando a ele moldes romancistas e atuais.

Divergente

Divergente: 2014

Insurgente: 2015

Convergente parte 1: 2016

Convergente parte 2: 2017

Tris (Shailene Woodley) e Quatro (Theo James) agora são fugitivos e procurados por Jeanine Matthews (Kate Winslet), líder da Erudição. Em busca de respostas e assombrados por prévias escolhas, o casal enfrentará inimagináveis desafios enquanto tentam descobrir a verdade sobre o mundo em que vivem.

X MEN- MARVEL

X-Men – O Filme: 2000

X-Men 2: 2003

X-Men: O confronto Final: 2006

X-Men Origens: Wolverine: 2009

X-Men – Primeira Classe: 2011

X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido: 2014

X-Men: Apocalypse : 2016

Os X-Men são uma superequipe de heróis da Marvel Comics. Os personagens foram criados em 1963 por Stan Lee e Jack Kirby  como uma metáfora tanto para a adolescência (mutantes manifestam seus poderes quando entram na puberdade) como para os conflitos raciais.

O bordão “destinados a salvar um mundo que os teme e odeia” serve para definir o grupo, liderado pelo telepata Charles Xavier, há décadas. Humanos tememmutantes por suas características especiais, e o embate entre as duas raças é o tema predominante nas histórias. O maior dos inimigos da equipe, Magneto, defende que a superioridade dos mutantes deve servir para estes subjugarem a raça humana comum.

Os vingadores – Marvel

 Homem de Ferro: 2008

Incrível Hulk: 2008

Homem de Ferro 2: 2010

Thor: 2011

Capitão América: O Primeiro Vingador: 2011

Os Vingadores: 2012

Homem de Ferro 3

Thor 2: O Mundo Sombrio

Capitão América 2: O Soldado Invernal

Guardiões da Galáxia: 2014

Os Vingadores: Era de Ultron: 2015

Em “Os Vingadores”, Loki ameaça atacar a Terra com um exército de alienígenas. Para tentar impedi-lo, seu irmão Thor vem ao nosso mundo e se une ao grupo de heróis reunido por Nick Fury, formado por Capitão América, Homem de Ferro, Hulk (Mark Ruffalo), Viúva Negra e o Gavião Arqueiro.

Depois de uma missão conturbada, os Vingadores conseguem recuperar o cetro de Loki e os cientistas do time, Stark e Banner, decidem usá-lo para colocar um velho projeto em prática. O resultado, porém, é desastroso e acaba dando origem a uma nova e maior ameaça para o planeta: o robô Ultron. O longa introduz novos personagens importantes para a franquia: Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen), Pietro Maximoff (Aaron Taylor-Johnson) e Visão (Paul Bettany).

Espero que vocês gostem!

Beijos

wpid-logo-clin-peq191 (1)

Anúncios

#Comportamento: Feminismo, o movimento de liberdade que aprisiona.

Olá meninas tudo bem?

Quem leu o titulo do post já deve ter pensado várias coisas polêmicas, e que eu estaria aqui me opondo ao movimento, olha, vamos com CALMA, ok?

Eu não estou aqui para levantar nenhuma bandeira, nem estereotipar e rotular a massa que participa fielmente e compartilha do ideais de qualquer movimento que seja, eu apenas quero deixar bem claro principalmente para quem participa de um movimento que luta pelo direito de igualdade e liberdade que entenda que não é por que não compartilho de algumas coisas pregada por vocês que sou machista, Amélia ou qualquer coisa do tipo!

Eu acredito de verdade nessa liberdade e por esse motivo não me sinto a vontade de me reportar a um movimento, pois a minha opinião diverge de várias coisas dentro dessa “Cartilha” que vocês se sentem a vontade.

Sou totalmente a favor do direito da mulher, da igualdade de valores no trabalho, na vida, no lar, no relacionamento, porém tenho meus valores, minha índole, não é porque eu acredito que eu tenha certos direitos que me colocarei em situações a prova de risco para me manter firme na minha opinião, não!

Como por exemplo: eu jamais vou ser conivente com uma mulher que não se valoriza, mas, isso não significa que eu edifique que o homem tem o direito de fazer o que quiser com ela, os dois ao meu ver estão errados,  ela tem sim o direito de fazer o que quer, mais a partir do momento que perde a noção, que não tenha a percepção do quanto simplesmente não ligar para absolutamente nada pode coloca la realmente em risco, eu não posso achar isso certo!

Eu sei que posso usar o decote maior do mundo, a roupa mais curta que for, eu realmente não posso ser estuprada por esse motivo, isso é ridículo, jamais a culpa será da vitima, porém eu sei que não vou sair dessa maneira em certos lugares porque eu controlo a mim e não aos outros, é uma questão de se auto preservar do perigo, sabe?

Não me sinto oprimida por não sair de casa com uma pintura corporal e meter o FODA SE ao mundo, eu simplesmente sei que há lugares e lugares.

Você pode ser uma lady na rua, não xingar ninguém, tratar todos com educação e respeito, se valorizar, não dar margem para o perigo, agir com descrição, ser FEMININA, e na cama se realizar no sexo anal, (nossa ela falou anal) , sim ANAL, qual problema? Desde que você se sinta bem e a vontade para praticar o que você quiser, quem tem o direito de estipular o que você deve ou não ser e fazer, na sua PRIVACIDADE!

Veja que eu disse Privacidade, ok?

Você não precisa sair por ai e lutar pelo direito de todas as mulheres ao meu ver, se você lutar pelo seu direito, se você conquistar respeito para com você mesma, você automaticamente já está mudando o mundo, é logico que você pode lutar pela causa que você quiser, mas sempre se coloque em primeiro lugar, porque esse papo de Martírio e revolta definitivamente não combina!

Quem dá a cara, sabe das consequências, você feminista, abra mais o seu espaço, interaja mais com as pessoas , aceite que elas tenham suas próprias opiniões, aceite que vivemos num mundo regido por regras, e mesmo evoluindo nos direito temos que respeitar o próximo em primeiro lugar.

Quem prega liberdade deve aceitar que os outros ao seu redor possam ter ao mesmo desejo de serem livres.

Porque eu penso assim?

Porque eu sempre achei que era feminista, até eu perceber que eu não poderia defender que a mulher não tem o direito de abortar uma criança por livre e espontânea vontade, sem absolutamente nada de errado com a concepção, gestação e sim procurar assistência de adoção imediata dessa vida para uma outra família que tanto sonha em ter um bebê!

Porque eu jamais vou defender uma mulher que se porta como uma verdadeira vadia, assim como nunca irei defender um crápula que acha que tem o direito e a vantagem que for encima de uma mulher, mesmo ela sendo uma vadia. Eu não vou apontar o dedo e culpar ela se ela for vitima de algo jamais, mas, não acredito que seja uma conquista para mulher ter os mesmos “direitos” que homem nesse sentido, logo por que, não acho que ele tenha algum.

Porque eu nunca vou conseguir ser conivente com seguir uma cartilha sabe? Eu faço as minhas regras, não preciso me reportar a nada e a partir do momento que não aceitam a minha opinião e tentam incessantemente me convencer do contrário, acredito que isso seja de alguma forma repressor!

Eu pensei muito para formar a minha opinião a respeito, vi várias revistas feministas baterem a porta na minha cara por que não iriam abordar um tema de violência obstétrica como pauta, porque defendiam o aborto, oi?

Vocês já pensaram na dimensão do tamanho desse problema de saúde publica? Já viram pesquisas?

Viram como uma mulher é tratada num hospital e mandada voltar para casa com 40 semanas de gestação comprometendo a saúde do bebê e da mãe?

Se o feminismo não luta por isso, quem vai lutar?

EU VOU LUTAR!

Não existe absolutamente nada para confortar essas pessoas, essas famílias!

Por isso, para finalizar esse desabafo vos digo, antes de abortar uma criança porque não usou métodos contraceptivos, aliais de doenças também e não menos importantes, pense na dor de uma mãe que sonhou 9 meses com seu bebê e o perdeu nas mãos de ferro da violência obstétrica!

Agradeço a compreensão de todos e respeito as opiniões que contrariarem a minha!

Beijos.

wpid-logo-clin-peq191 (1)

#Beleza – Explosão de Cores: Carnaval Sephora

A maior rede de produtos de beleza do planeta cria ações exclusivas para a festa

Alala Ô Ô Ô, Ô…

Mais que calor, Ô Ô Ô, Ô…

Olá meninas tudo bem?

Tudo preparado para curtir o carnaval e arrasar por ai nos blocos de ruas, avenidas, praias e baladinhas por ai?

Começando os preparativos para o carnaval já neste dia 09 de fevereiro, a Sephora oferece ações e promoções exclusivas em suas lojas até o dia 18, para ninguém deixar a maior festa do Brasil passar em branco.

Durante a promoção “Explosão de Cores”, toda loja toda estará em clima de festa, indo das vitrines decoradas aos castings com maquiagens especiais. Além dos serviços de indicação e experimentação reconhecidos mundo a fora, a Sephora oferecerá diversos itens para a comemoração em promoção na gôndola BAZAR.

Depois de aproveitar todos os serviços e dicas, nas compras acima de R$300,00 em qualquer uma das 16.000 referências de produtos de mais de 250 marcas disponíveis em loja, o cliente ganha dois produtos full size de diferentes marcas. Artigos de todos os tipos, indo dos esmaltes Sephora by OPI às bases de Lancôme, estarão em urnas junto ao caixa para que no ato da compra o cliente já escolha, aleatoriamente, quais serão seus presentes.

As lojas nos Shoppings Eldorado, Cidade Jardim, Rio Sul e Iguatemi Brasília trarão ainda masterclasses gratuitas e exclusivas para os clientes com a temática de Carnaval. Ligue e agende a sua.

Sobre a Sephora 
Desde 1998, a Sephora Américas vem TRANSFORMANDO A BELEZA. Hoje a divisão movimenta mais de 300 lojas nos EUA e Canadá, além do principal site de beleza do mundo, www.sephora.com. Em 2010, a Sephora se expandiu pela América Latina, onde adquiriu a Sacks.com.br, e abriu lojas no México.

A Sephora é famosa por seus exclusivos conceitos no varejo e experiência de compra, que estão presentes em seu design de loja, na expertise de beleza de suas consultoras de vendas e, principalmente, na combinação incomparável de mais de 200 marcas renomadas que oferecem uma vasta gama de produtos, incluindo cuidados para o cabelo, pele, corpo, banho, fragrância e maquiagem, bem como a linha Sephora Collection. Além das lojas próprias nas Américas, a Sephora tem 300 lojas dentro dos locais JCPenney, e atualmente a Sephora possui mais de 1500 lojas em 28 países. A Sephora foi fundada na França em 1970 e, em 1997, adquirida pela LVMH MoëtHennessy Louis Vuitton em Paris, o grupo líder mundial de produtos de luxo.

Para mais informações, acesse www.sephora.com.br

Se joga pintosa, põem rosa, rs! 

Neste ano, a campanha de carnaval terá como tema o preservativo, com o slogan “Com camisinha, a alegria continua durante e depois da festa”. O carnaval é considerado um período do ano em que aumenta o número de casos de doença. Por isso, as campanhas são argumentos para a preservação.
No carnaval, as pessoas abusam na bebida, nas horas de sono perdidas e também na quantidade de parceiros que arrumam. Muitas vezes esquecem de pensar num fato importante, que é a preservação da saúde, da vida!
A quantidade de pessoas contraindo doenças sexualmente transmissíveis está aumentando, inclusive entre as mulheres. Para evitar que o carnaval eleve o índice de pessoas contaminadas com doenças sexualmente transmissíveis (DST) e principalmente Aids, as secretarias estaduais e municipais de Saúde irão intensificar a distribuição gratuita de preservativos.
Na verdade é preciso modificar a mentalidade da população. A distribuição de preservativos durante grandes eventos como o carnaval é importante, mas é preciso que a população busque a camisinha, que é distribuída gratuitamente em todos os postos de saúde do país, também fora destes momentos. A necessidade do preservativo não está só durante grandes festas.
Sexo seguro é o sexo sem o risco de ser contaminado ou contaminar o parceiro com doenças sexualmente transmissíveis.

Esta segurança só poder ser atingida através do uso da camisinha. Além da proteção contra as DST os preservativos constituem um método anticoncepcional seguro, quando usados adequadamente.
É importante usar preservativo sempre que tiver relação sexual, não importando a época do ano, se há festas ou não.
Afinal, as festas de carnaval duram apenas um final de semana (em alguns lugares um pouco mais), e tão poucos dias não valerão a pena se forem motivos de doença ou tristeza.

Saiba aproveitar a festa!

Um ótimo carnaval a todas nós!

Beijo

banner

#Saúde – O que é Síndrome do pânico?

Uma situação desesperadora em que a pessoa sente tontura, falta de ar, taquicardia, medo e suor frio, entre vários outros sintomas.

Olá meninas tudo bem?

Vocês já ouviram falar sobre Síndrome do Panico?

Infelizmente, a alguns meses estou sofrendo com esse mal, e resolvi fazer esse post para compartilhar com vocês como é ruim para mim que sinto esses problemas e como também é horrível para quem está ao seu redor sem se munir de informações e não sabe como agir, com obter ajudar na hora de uma crise.

Para inciarmos esse assunto, acho importante ressaltar que Síndrome do Panico é algo seríssimo,e assim como a Depressão é uma doença muito ruim para quem sente e principalmente por sor tratar de algo psicológico já vem estereotipada e com todos os pacotes de preconceitos e duvidas de quem geralmente está próximo a você, isso faz com que o diagnóstico da doença seja cada vez mais progressivo e acabe piorando o estado de saúdo do paciente ao meu ver, portanto se muna de informação e oriente seu circulo de convivência para que possa estar preparado para sair de uma crise, algo que eu e você sabemos que é involuntário e incontrolável na maioria das vezes.

Eu, posso definir como CRISE, o estado avassalador do ataque mental e alucinogênico maioria das vezes de acordo com o grau de trauma que a pessoa geralmente visualiza e o valor do tempo que estima se passar por aquele momento de aflição e vulnerabilidade. No meu caso, duram cerca de 30 minutos a 45 minutos, e eu posso definir como um medo que vai aumentando, e me lembrando de situações que passei de extrema aflição e perda de controle, onde eu vou perdendo a noção do ambiente ao meu redor até chegar ao ponto de viver novamente aquela aflição de uma forma completamente real e involuntária, sinto como se alguém estivesse segurando o meu pescoço e apertando e isso vai me tirando o ar, na ultima crise séria que tive cheguei a ficar com a pele roxeada do rosto bem escuro e com olhos tão vermelhos quanto sangue, foi HORRÍVEL! Minha família não fazia ideia de como reagir a isso, ainda mais em uma situação aleatória como essa, sem um “motivo” aparente por “eu estar” fazendo aquilo comigo mesma, entende?

Síndrome do pânico (Foto: Arte/G1)

Embora a ocorrência dessa doença seja maior em um gênero do que em outro, o tratamento farmacológico é idêntico entre homens e mulheres.

Essa tensão toda, se for recorrente e diagnosticada por um médico, é chamada de síndrome do pânico, que pode ser provocada por um episódio de limite ou desafio, em que o indivíduo tem dificuldade de “dominar” o ambiente em que vive.

Durante as crises, que duram até meia hora (com picos entre 5 e 10 minutos) e são três vezes mais comuns em mulheres, o cérebro envia sinais para o corpo fugir ou lutar – mas esse alarme está desregulado. Pode ser no meio de uma multidão, no engarrafamento, metrô, elevador, shopping, supermercado ou na fila do banco.

O humor, nesse período, parece uma montanha-russa: os picos de ansiedade, pressão e respiração atingem, depois, um estado de exaustão e sonolência, como se fosse o fim de uma guerra.

Essa mudança brusca e completa do metabolismo, em que a vítima demonstra uma reação desproporcional – como se estivesse diante de uma ameaça real –, causa um aumento tão grande da pressão arterial, que a pessoa muitas vezes acha que está tendo um infarto e vai morrer. Mas, segundo Kalil, o risco cardíaco é mínimo se o paciente for diagnosticado corretamente.

Resultado de imagem para sindrome do panico

A primeira manifestação pode ser desencadeada por algum acontecimento traumático ou estressante, que desestabiliza o indivíduo, mas isso não é regra.

É importante destacar que ter um ataque de pânico ou uma crise específica não caracteriza a síndrome. Antes de procurar um médico específico (cardiologista ou psiquiatra), observe seus sintomas com atenção. Se você estiver passando por um ataque de pânico ou ver alguém em um, procure se acalmar e tranquilizar a pessoa, além de ter consciência de que a situação tem prazo de validade.

Segundo o psiquiatra Figueira de Mello, as crises também podem incluir fraqueza, desorientação e lesão de memória a longo prazo. Além disso, às vezes elas estão associadas a depressão e transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), que ocorrem paralelamente, sem relação de causa e efeito. Nesse momento, respirar devagar pode ajudar, principalmente com a ajuda de um saquinho de papel.

O especialista ressaltou, ainda, que sentir medo é necessário, pois se trata de uma proteção da vida que contribui para a evolução da espécie. Mas, quando se torna doença, tem controle – apesar de a cura total ser mais difícil de obter.

Frequência cardíaca

Um coração normal bate de 50 a 100 vezes por minuto. Quando a criança nasce, fica acima de 150 batimentos; no adulto gira em torno de 180 e, no idoso, de 60 a 70.

Quando o músculo cardíaco bate mais de 100 vezes por minuto, ocorre a taquicardia. Se for abaixo desse nível, chama-se bradicardia. Segundo Kalil, um coração acelerado constantemente pode ser sinal de várias doenças, como hipertireoidismo, diabetes, febres infecciosas, fibrilação atrial (o coração se desregula e bate como um telégrafo), insuficiência cardíaca e arritmias.

Já em um atleta ou esportista, a bradicardia pode ser apenas uma adaptação fisiológica. Se não for nada relacionado com a atividade física, pode ser algum problema no sistema elétrico do coração, como a doença de Chagas ou a doença do nó sinusal, que é como se a bateria do coração “descarregasse”.

Mas quando as crises acontecem?

Segundo Dinah, cada pessoa vai desenvolver uma frequência individual. Algumas têm várias crises por dia, outras que só tem ataque situacional. Quem tem ataque de pânico, começa  a ter um certo grau de agorafobia, que é uma evitação fóbica dos lugares. Então, é muito comum que as pessoas deixem de fazer coisas e deixem de ir a lugares”, afirma. Existem vários graus: algumas pessoas evitam frequentar certos lugares, outras ficam restritas em casa e nunca mais saem. Mas, se uma pessoa tem um ataque situacional e nunca sai de casa, ela não vai ter ataque. É normal que as pessoas que têm pânico desenvolverem um raio que elas saem e, se elas não vão a esses lugares que geram pânico, elas não tem ataques. Agora, quem tem ataque não-situacional pode ter vários por dia, não é algo limitado, é individual.

Questão de gênero

“pessoas sensíveis são mais suscetíveis a desenvolver a doença, pois elas sentem muito mais as variações emocionais que acontecem ao redor delas”, afirma Leonard Verea, psiquiatra. Essa pode ser uma das explicações para o fato de as mulheres sofrerem mais com a síndrome do pânico. De acordo com estudos, a prevalência do mal em mulheres é maior que em homens, sendo que cerca de 4 mulheres são afetadas a cada 1 homem.

Por que isso acontece?

A causa para a doença ser maior em mulheres ainda não é clara. “Segundo pesquisas, um dos fatores mais influentes são os aspectos culturais na nossa sociedade em que as mulheres possuem uma maior aceitação cultural de comportamentos de medo e esquiva em relação aos homens”, esclarece André Luiz Monezi Andrade, psicólogo e docente do curso de Psicologia da Universidade Anhembi Morumbi. Além disso, o profissional afirma que alterações  em substâncias conhecidas como neurotransmissores (serotonina e noradrenalina) também já foram detectadas como causa, mas esta área ainda carece de mais estudos.

Tratamento

Embora a ocorrência dessa doença seja maior em um gênero do que em outro, o tratamento farmacológico é idêntico entre homens e mulheres. “Em paralelo, a psicoterapia é de suma importância para que a pessoa consiga identificar os disparadores (gatilhos) ligado às crises. Desta forma , ela possui condições de se preparar momentos antes de ter o ataque, melhorando, e muito, sua qualidade de vida”, diz o psicólogo. O que acontece é que a psicoterapia pode ser personalizada para cada pessoa de acordo com a gravidade e quantidade de sintomas mas não devido ao gênero.

O que muitas pessoas não sabem é que, apesar de não ser um processo curto nem fácil, a síndrome do pânico tem cura sim!

Essa síndrome, quando não tratada, pode aumentar não somente a intensidade das crises, mas também a frequência com que ocorrem. Além disso, segundo André Luiz, cerca de 50% das pessoas com a doença podem apresentar um quadro de depressão, prejudicando ainda mais seu funcionamento de vida. Outro problema comum em cerca de 50% destas pessoas é a chamada agorafobia (palavra que vem do grego e significa medo de locais aberto ou com muitas pessoas). “Como estas pessoas não sabem quando terão a crise, elas podem ter medo de sair de casa sozinhas pela falta de alguém de confiança ao lado delas quando tiverem um ataque”, finaliza o professor.

Problemas paralelos

Ansiedade, depressão e outras doenças do cérebro podem colaborar com o aparecimento dessa síndrome. Alguns médicos classificam a síndrome do pânico como ansiedade patológica, ou seja, quando a ansiedade passa de um nível normal e natural para algo abusivo, prejudicando a vida do paciente. Em consequência disso, a pessoa pode desenvolver tal síndrome e cair em depressão, outra doença do cérebro. Vamos conhecer agora um pouco mais desses males que atrapalham a vida de muita gente!

Depressão

A depressão é uma das doenças mais comuns dos dias atuais – atinge 121 milhões de pessoas no mundo, segundo a Organização Mundia da Saúde (OMS). Pode ser ocasionada por fatores biológicos, psicológicos ou ambientais, como explica a psicóloga Marcella Mantovani Pazini: “Do ponto de vista psicológico, a depressão está relacionada a experiências de perdas significativas, como morte de um ente querido, perda de um emprego, de um local de moradia, de status socioeconômico, doença grave ou crônica, ou algo puramente simbólico e importante para aquela pessoa que não possa ser alcançado ou tenha sido perdido.” E, de acordo com os sintomas, pode ser classificada de 5 tipos diferentes:

Transtorno bipolar: essa doença é caracterizada pela mudança repentina de humor: de repente, aquela pessoa que estava alegre e de bem com a vida, fica triste e depressiva. Segundo a profissional, essa é uma doença que atinge tanto homens, quanto mulheres, igualmente, principalmente entre os 15 e os 30 anos.

Distimia: Ela se difere da depressão comum devida a sua intensidade, já que a depressão comum se inicia de uma hora para outra. Desde a infância, as pessoas que sofrem desse mal já são consideradas pessoas que se relacionam com dificuldade. Isso ocorre, pois elas ficam irritadas, mal humoradas e desanimadas na maior parte do tempo.

Depressão sazonal: Você sabia que a falta de luz solar pode provocar alterações de humor? Durante épocas frias, como o outono e inverno, é normal que as pessoas não tenham tanto contato com o sol e fiquem mais depressivas. Isso é muito comum em países cujas estações são melhores definidas, como os do hemisfério norte.

Depressão psicótica: Esses pacientes apresentam os sintomas comuns da depressão mais clássica, além de rompimento com a realidade. É comum que eles tenham alucinações e delírios.

Depressão pós-parto: É muito comum que, mesmo com a chegada do bebê e o início de uma nova fase, a mulher entra em depressão e sinta uma profunda tristeza. Esse quadro se intensifica cada vez mais, a ponto de incapacitá-la de realizar as tarefas comuns do dia a dia. Essa situação ocorre devido a vários fatores, mas principalmente, a diferença hormonal após a mulher dar a luz. Durante a gestação, o organismo feminino está submetido a altos níveis de estrógeno e progesterona e, algumas horas após o parto, o nível destes hormônios cai drasticamente. A consequência, muitas vezes, é a depressão.

Como dar o primeiro passo? O que fazer quando a síndrome do pânico é detectada?

Normalmente, pessoas com síndrome do pânico limitam suas vidas para evitar que tenham crises. “Crises de pânico são comuns a todos os indivíduos. O que difere a síndrome de pânico das crises é sua frequência”, comenta a psicóloga Amanda Spinicci Paiva. Quanto antes diagnosticada, mais fácil se torna o tratamento. A cura para a síndrome do pânico é difícil e demorada, mas não é impossível. O apoio da família, dos amigos, a procura de um bom profissional e o conhecimento sobre o assunto são vitais no processo de reabilitação.Conheça algumas dicas para dar os passos iniciais.

Detectando o problema

Quando detectado os sintomas, deve-se lembrar que a síndrome do pânico é um transtorno mais normal do que se imagina. O primeiro passo, apesar de ser um dos mais difíceis, é essencial para o tratamento. Assumir que está com problemas e tomar coragem para procurar ajuda é muito importante e deve ser feito de imediato.

É comum as pessoas com a síndrome acreditarem que nada poderá ajudá-las e se sentirem sempre fracas, desamparadas e impotentes. Não se deve ter vergonha de procurar auxílio. Recorra a um médico, psicólogo ou a uma pessoa de confiança para contar como se sente e dizer o que está acontecendo.

Como reagir

Ler a respeito e procurar depoimentos de quem sofre, ou já sofreu do mesmo problema, pode ajudar, e muito, como aconselha a psicóloga Amanad Spinicci Paiva. “Saber que não está sozinho, se identificar com outras histórias parecidas e ter consciência que isso não é uma fraqueza fará muito bem ao paciente”. Nesse momento, a presença de amigos e familiares é extremamente necessária. “Atitudes como julgamento e crítica só atrapalham o tratamento”. Por isso, o conhecimento evita o preconceito e ajuda quem está próximo a apoiar o indivíduo nos momentos de crises, acalmando e controlando os sintomas.

Quem procurar?

A ajuda médica deve ser acionada assim que os sintomas forem percebidos, quando já não há mais controle sobre as crises de ansiedades e elas se tornam cada vez mais frequentes. O profissional, tanto o médico quanto o psicólogo, irá avaliar e encaminhar a pessoa para o tratamento devido.

Lembre-se sempre de nunca ter medo ou vergonha, de assumir o transtorno, nem de pedir ajuda a quem está por perto. A síndrome do pânico pode ser tratada, se diagnosticada a tempo e acompanhada de especialistas.

Ao iniciar o tratamento da síndrome do pânico devemos observar algumas condições:

  • Diagnóstico realizado por um psicólogo, pois os sintomas podem confundir e fazer você acreditar que está com pânico quando na realidade pode ter TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo ou outro quadro ansioso.
  • A cura da síndrome do pânico se tornará mais rápida quanto mais “isolada” estiver, ou seja, se não houver comorbidades (outros transtornos juntos como Transtorno Obsessivo Compulsivo, depressão, fobia social, hipocondria, delírios, esquizofrenia, etc ).
  • Disposição para realizar as tarefas entre as sessões, pois serão fornecidos exercícios para serem realizados durante a semana.
  • Comprometimento. Não interromper o tratamento nem prejudicá-lo com bebidas alcoólicas ou drogas.

Normalmente, quando fica nervosa ou com medo, a pessoa tende a respirar de uma forma mais rápida e com um espaço de tempo mais curto.

Assista o vídeo abaixo para entender melhor a síndrome do pânico:

Espero ajudar vocês de alguma forma! 🙂

Um grande beijo.

Fontes: Ler saúde e G1

wpid-logo-clin-peq191 (1)

#Beleza – Trend alert: óculos com armação hexagonal são a aposta para 2015.

Modelos das marcas Calvin Klein Collection, Chloé e Salvatore Ferragamo prometem agradar às mulheres que buscam peças modernas 

Olá meninas tudo bem?

Eu amo óculos de sol, eu adoro esses designs novos bem diferentes que dão um charme todo diferente em qualquer look.

Para 2015, a tendência em óculos são os modelos com toques futurísticos, em armações hexagonais. Os modelos já conquistaram grandes celebridades e personalidades icônicas, como Lady Gaga, Rihanna, Iggy Azalea, entre outros.

Por isso, a Marchon Eyewear, uma das maiores fabricantes e distribuidoras de óculos de grau e de sol, apresenta peças diferenciadas das marcas Chloé, Calvin Klein Collection e Salvatore Ferragamo, que seguem a tendência de armações hexagonais e prometem agradar a todos que procuram peças nesse estilo.

Os modelos, que combinam metal com acetato, são ideais para quem procura peças mais modernas e quer compor um lookboho-chic com muito estilo.

oculoshexagonal

Preços sugeridos:

Calvin Klein Collection
CK7949S 001: R$714,15

Chloé
CE665S 603: R$1.415,00
CE115S 752:R$1.018,00

Salvatore Ferragamo
SF723S 210: R$1.044,00

Meu óculos, ninguém sai! rs.

Como e quando usar
As últimas coleções lançaram modelos que, na maioria, combinam acetato e metal. “Quando os óculos têm metal, as mulheres devem considerar também se a cor combina com a dos acessórios”, explica a designer de moda Drica Brandão. Aposte em brincos pequenos quando os detalhes das hastes chamarem muito a atenção.

Algumas cores coordenam melhor com diferentes biótipos, padrões de personalidade e tipos de ocasião. Para os extrovertidos, modelos coloridos; para os introvertidos a indicação são as cores leves.

Quem tem a pele branca ou morena clara pode apostar em contrastes de tons cítricos, como vermelho e laranja. As ruivas podem usar um tom degradê nos óculos em relação ao dos cabelos: nunca o mesmo. Além disso, o efeito permite a passagem de luz pelas lentes e pode ser usado em passeios de carro até o início da noite.

Para as loiras, o branco nas armações fica chique com as lentes claras e acompanha almoços no clube ou na praia. “Arremate com produções clássicas, como a dupla camisa de alfaiataria e calça pantalona”, sugere a consultora Ana Vaz.

Mulheres negras podem abusar de lentes âmbar e tartaruga. Essas cores combinadas com armações grandes resgatam o glamour dos anos 1960 e são elegantes para casamentos diurnos. Cabelos muito volumosos não combinam com modelos com detalhes coloridos e apliques nas hastes.

Já as lentes espelhadas, que remetem à tendência esportiva, devem ser usadas apenas em ocasiões informais, durante caminhadas ou à beira da piscina. Outro fator importante é evitar óculos falsificados, pois não há como saber se eles têm proteção contra raios UVB.

banner

#Beleza – Qual é o seu vermelho? Conheça o movimento #meuvermelho da Natura Aquarela

Intenso, vibrante, profundo, matte, cintilante, duplo efeito ou líquido, não importa o tom ou o acabamento, vermelho é o queridinho na maquiagem das brasileiras.

Olá meninas tudo bem?

Natura Aquarela lançou o movimento #meuvermelho, pois acredita que, com diferentes tons e texturas de vermelho as mulheres podem realçar seu jeito colorido de ser com todo poder e beleza da brasileira.

Eu amo vermelho! Batom dessa cor não pode faltar na minha penteadeira. Eu uso de dia, de noite, pra sair, pra trabalhar…  Na minha opinião o vermelho é a cor que se adapta pra qualquer tipo de pele, toda mulher fica lindo de vermelho!

Só que para algumas mulheres, encontrar o tom ideal de vermelho pode se tornar um verdadeiro desafio. Segundo o maquiador da Natura, Marcos Costa, existem várias tonalidades que combinam com as peles negras, morenas e brancas.

“Para as negras aposte em cores profundas acesas e vibrantes, como o vinho, já as morenas e orientais de pele amarelada os vermelhos vibrantes que puxam para o tomate são os mais adequados. E as loiras com as maçãs naturalmente viçosas, devem investir nas cores quentes como os tons de coral”, conta Marcos Costa.

Linha Natura Aquarela: Vermelho 9/ Vermelho 21 / Vermelho 4 / 40907 - Foto: Divulgação

A Natura Aquarela com seus diversos tons e texturas de batom é uma verdadeira aliada para cada mulher encontrar o seu vermelho. Aposte nos diferentes nuances dessa cor poderosa da cartela feminina. O batom vermelho é um clássico que invadiu a maquiagem na década de 20 e não deve sair nunca mais dos lábios da mulher brasileira.

Saiba mais sobre os Vermelhos de Natura Aquarela:

Natura Aquarela Batom Matte FPS 10 Vinho 1 – Alta Cobertura e longa fixação.
Preço sugerido: R$ 19,80

Natura Aquarela Batom Matte FPS 10 Vermelho 2 – Alta Cobertura e longa fixação.
Preço sugerido: R$ 19,80

Natura Aquarela Batom Gloss FPS 8 Vermelho 5 – Brilho do Gloss com a cobertura do batom.
Preço sugerido: R$ 17,90

Natura Aquarela Batom Hidratante FPS 8 Vermelho 45 – Hidratação por até 8 horas.
Preço sugerido: R$ 17,90

Natura Aquarela Batom Hidratante FPS 8 Vinho 40 – Hidratação por até 8 horas.
Preço sugerido: R$ 17,90

Natura Aquarela Batom Líquido FPS 15 Vermelho 9 – Alta cobertura, hidrata e protege os lábios com FPS 15. Textura macia e cremosa.
Preço sugerido: R$ 25,00

Natura Aquarela Batom Duplo Efeito FPS 10 Vermelho – A cobertura do batom matte com um toque de cintilância. Hidrata por até 12 horas.
Preço sugerido: R$ 18,80

Natura Aquarela Gloss Labial Vermelho 4 – Brilho intenso. Hidratação por até 12 horas.
Preço sugerido: R$ 18,80

Natura Aquarela Gloss Labial Vermelho 21 – Brilho intenso. Hidratação por até 12 horas.
Preço sugerido: R$ 18,80

E aí, qual é o seu vermelho?

O meu é o Natura Aquarela Matte Vermelho 2! 🙂

Informações sobre esses e outros produtos Natura, além de contato com as Consultoras, podem ser obtidas com o SNAC – Serviço Natura de Atendimento ao Consumidor, por telefone (0800-115566), por e-mail snac@natura.net ou visitando o site: www.natura.com.br. Para o estado de São Paulo, os produtos podem ser adquiridos também através do site: www.rede.natura.net.

 Rede Natura

Exclusivo para São Paulo: os consumidores têm mais uma opção de comprar Natura aproveitando as facilidades da compra pela internet. Na Rede Natura é possível compra no espaço de Consultores Digitais que contam com mais opções de pagamento e a vantagem da entrega rápida feita diretamente pela Natura. Para comprar é só acessar rede.natura.net realizar o cadastro e escolher uma Consultora Natura Digital.

Confira os canais da Maquiagem Natura na internet.

Site: www.natura.com.br/maquiagem

Instagram: @maquiagemnatura

Facebook https://www.facebook.com/MaquiagemNatura

Twitter: @adoromaquiagem

Youtubehttp://www.youtube.com/user/equipeadoromaquiagem

Portal Adoro Maquiagem: http://www.adoromaquiagem.com.br/

 É isso meninas expero que gostem do post!

Beijos.

banner