Arquivo da tag: #saude #bemestar #cuidados

#Saúde: Como montar uma lancheira saudável para as crianças.

lancheirasaudavel

Substituir os alimentos gordurosos e cheios de açúcar por opções saudáveis e repletas de sabores é o principal desafio para os responsáveis pelos pequenos.

Olá meninas tudo bem?

A alimentação das crianças é uma das principais preocupações no período de volta às aulas. Além da correria para compra do material escolar e a adaptação da nova rotina, preparar uma lancheira saudável com um cardápio mais atrativo e cheio de sabor é um verdadeiro desafio. Por isso, ter uma refeição balanceada, até mesmo quando as mamães não estão por perto, estimula o consumo de alimentos que oferecem benefícios à saúde e ajuda, ainda, a manter a energia da criançada.

O primeiro aspecto que as mamães precisam levar em consideração é planejar o que a criança vai comer. Para começar, é preciso organizar um cronograma das refeições e separar os alimentos em pequenas porções – em potes, por exemplo – ou escolher alimentos que já vêm em embalagens individuais, os quais podem ser facilmente guardados na lancheira ou na mochilinha. Em seguida é preciso verificar se a combinação de alimentos inclui fruta, carboidrato e proteína. As frutas são ricas em fibras, vitaminas e minerais que ajudam no bom desenvolvimento da criança. O carboidrato e a proteína dão energia para o organismo, auxiliando na concentração e no desempenho escolar.

 Para quem acha difícil enviar frutas todos os dias na lancheira, uma boa opção é incluir um Smoothie da Jasmine – mix de polpas de frutas que mantêm seus sabores e benefícios em embalagens práticas sem prejudicar as propriedades naturais. Cada smoothie supre a necessidade diária de 1 das 3 porções de frutas recomendadas para uma alimentação balanceada.

Como varias o cardápio da lancheira

 Para variar o cardápio e substituir as guloseimas tradicionais, geralmente repletas de açúcar e gorduras, a Jasmine possui algumas opções que podem deixar o lanche gostoso e ainda mais nutritivo. Uma delas é trocar as bolachas recheadas por biscoitos integrais – os Cookies e as Rosquinhas Jasmine não possuem corantes, conservantes, ou outros aditivos artificiais e ainda são fonte de fibras, nutrientes que auxiliam no bom funcionamento do organismo. Trocar as bolachas tipo wafer por barrinhas de cereais com granola e superfrutas, também é uma boa ideia. As barras de granola da Jasmine são assadas, uma opção de consumo de granola em forma de barra crocante. E para as crianças que preferem lanches salgados, a dica é substituir salgadinhos por biscoitos integrais salgados ou mix de sementes disponíveis em diversos sabores.

Além dessas orientações, as mamães precisam ficar atentas ao cardápio das crianças, Os pequenos precisam ter uma alimentação balanceada constantemente. Não é aconselhável ter uma refeição saudável em casa e, na escola, se alimentar de produtos pouco saudáveis, como biscoitos recheados, salgadinhos, frituras e refrigerantes.

O ideal é oferecer alimentos que vão suprir as necessidades de nutrientes do organismo, durante o período que o pequeno estará estudando. Esse lanche vai ajudar a complementar as refeições que a criança normalmente tem em casa, como café da manhã, almoço e jantar. O importante é que essa lancheira tenha boas fontes de proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais.

Cinco passos de uma lancheira saudável

 1 – Organize um cronograma das refeições;

2 – Separe os alimentos em pequenas porções ou utilize produtos em embalagens individuais;

3 – Faça troca saudáveis – existem muitas opções de lanches saborosos e nutritivos. Lembre-se que o lanche que o seu filho come na escola complementa o cardápio que você serve em casa;

4 – Escolha alimentos que forneçam diferentes nutrientes;

5 – Utilize uma lancheira adequada ao tipo de alimento que você escolheu – se for necessário manter os alimentos sob refrigeração, utilize uma lancheira térmica.

Elementary School Pupils With Healthy And Unhealthy Lunch Boxes

Fonte: Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da Jasmine Alimentos.

wpid-logo-clin-peq191 (1)

#Saúde – Primeira visita na nutricionista.

a447da4831f811e3836422000ae81e59_8

Olá meninas, tudo bem?

Pois é, hoje foi dada literalmente a largada para o inicio do meu processo de metamorfose ambulante, rs.

Hoje eu conheci minha nutricionista, um amor de pessoa alem de muito simpática, muito prestativa e principalmente me demonstrou uma postura de uma verdadeira profissional que ama o que faz, e isso meninas? Isso me motiva!

Hoje em dia infelizmente é raro você conseguir encontrar um profissional de saúde mesmo que de maneira particular que tenha verdadeiramente o interesse em ajudar, te examine da forma correta e te trate com humanidade, os seres humanos estão cada dia pior, cada dia menos educados, sempre pensando em preço e nunca em valor.

Por isso quando a gente é tratada com respeito, a gente fica assim estilo boba alegre, querendo passar pra frente essa experiencia tão positiva e confortável, pois então vamos lá:

O atendimento começou com uma breve reunião entre eu e a Dra. Carla, conversamos sobre o projeto, depois conversamos um pouco sobres como seria feitas as cirurgias e chegamos a conclusão de que temos 40 dias para um “Corponovomentenova”.

40 dias é o tempo que terei para me esforçar na academia, fazer uma reeducação alimentar e adequar o meu corpo para a primeira cirurgia que será a prótese de mama.

A Dra. me examinou, me fez alguns exames (prox post) e chegamos no valor de 16 quilos que tenho que reduzir nesse processo todo para chegar no “corpo ideal”.

É claro que tudo exige muito esforço e dedicação, e ficar literalmente sem comer uma besteirinha se quer vai ser muuuuuuuitoooooo dificil, mas desafios é comigo mesma, então eu, ‘topo vamo cai pra dentro!’

Graças a Deus não tenho problemas com a gordura “ruim” aquela gordura que desencadeia diabetes, colesterol e etc…

Meu único problema no momento é o hipotiroidismo que tenho controlado numa boa com o hormônio em doses diárias.

Confesso que não vejo a hora de subir na balança e ver resultados, com certeza é o primeiro passo para autoestima acender novamente!!!

Bom, pra finalizar vou fazer um outro post para relatar os exames que fiz porque achei muito legal para você que quer saber realmente qual seu índice de gordura no corpo, de água e valores de quanto você necessita emagrecer.

wpid-logo-clin-peq19

#Saúde – Distúrbios alimentares

Olá meninas tudo bem?

Hoje eu vou falar sobre distúrbios alimentares, um grande problema que afeta muitas mulheres, mais o que é distúrbios alimentares?

Os distúrbios alimentares são um conjunto de doenças, em que uma pessoa está tão preocupada com a comida e o seu peso que muita das vezes não consegue pensar noutra coisa. Os principais tipos de distúrbios alimentares são a anorexia nervosa, bulimia nervosa e compulsão alimentar.

Os distúrbios alimentares na adolescência aparecem frequentemente, mas também podem se desenvolver durante a infância ou mais tarde na vida.

Os distúrbios alimentares não diferem entre gênero, raça , classe ou idade. Eles podem afetar qualquer um. A maioria das pessoas com distúrbios alimentares são mulheres, mas os homens também começam a ter distúrbios alimentares.

Ao contrário do que se pensa um distúrbio alimentar não se baseia apenas em comida.

Um distúrbio alimentar pode passar despercebido por um longo período de tempo, e geralmente quando é reconhecido quem sofre com a doença nega que tem problemas alimentares.

Estes distúrbios geralmente coexistem com outras doenças como a depressão o abuso de substâncias ou a ansiedade.

Os distúrbios alimentares podem causar graves problemas físicos e pode até ser fatal.

O tratamento para os distúrbios alimentares geralmente envolve psicoterapia, educação nutricional, aconselhamento familiar, medicamentos e hospitalização.

wpid-logo-clin-peq19

#Saúde – Métodos contraceptivos, qual é o mais eficaz?

Olá meninas, tudo bem?
Segundo a ginecologista Karina Zulli (CRM113685), do Hospital e Maternidade São Luiz, o método mais eficaz é o que garantirá à paciente os melhores benefícios, com melhor adesão e o mínimo de efeitos colaterais. Para ela, a pílula é o método mais comum, porque, além de ser mais barata, é prática e a margem de erro é quase nula. No entanto, a especialista alerta que a escolha do contraceptivo deve ser feito junto com o médico de sua confiança. Todos os métodos contraceptivos funcionam imitando os hormônios naturais da mulher que controlam o ciclo menstrual.O uso de anticoncepcionais é uma tentativa de ‘enganar’ o organismo e não permitir que os hormônios atuem e que haja ovulação. A decisão de qual método utilizar está diretamente ligada com o seu organismo, e variam de acordo com questões individuais, como: melhorar a qualidade de vida, diminuir a TPM ou apenas como método contraceptivo.Contudo, Dra. Karina alerta que injeção, adesivo ou pílula não previne a transmissão de DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis) e por isso o uso da camisinha é indispensável.

wpid-logo-clin-peq19

#Comportamento -Terapia ocupacional, o que é isso?

Olá meninas, neste post trago a vocês uma breve explicação do que é a terapia ocupacional que me ajudou muito quando passei pelo psiquiátrico.

Com esse tipo de terapia eu consegui me restabelecer e voltar a minha condição normal, então vou explicar um pouco do que se trata para que vocês consigam entender como esse trabalho é importante quando passamos por um processo de luto grave.

E mesmo sendo uma pratica voltada para pessoas que passam por algum problema mental, aconselho muito dessa pratica para quem passa por um problema como depressão pós parto, luto ou algo semelhante. Pois atividades como pintura, costura, alongamento físico, nos ajudam a distrair a mente e não ficar o tempo todo pensando nos acontecimentos, nada melhor que se expressar através da arte para conseguir atravessar esse período difícil.

A terapia ocupacional é o estudo e o emprego de atividades de trabalho e lazer no tratamento de distúrbios físicos e mentais e de desajustes emocionais e sociais. O terapeuta ocupacional utiliza tecnologias e atividades diversas para promover a autonomia de indivíduos com dificuldade de integrar-se à vida social em razão de problemas físicos, mentais ou emocionais. O profissional elabora planos de reabilitação e adaptação social, buscando desenvolver no paciente autoconfiança e orientando-o quanto a seus direitos de cidadão.

Ele atende desde recém-nascidos e crianças até adultos e idosos, para a promoção, a prevenção e a recuperação de disfunções. O terapeuta cria e faz avaliação de atividades físicas, podendo prestar atendimento individual ou em grupo. O terapeuta ocupacional trabalha em clínicas, asilos, hospitais, instituições geriátricas, psiquiátricas e penais, centros de saúde, de convivência e de reabilitação, creches e empresas. Além disso, o profissional está habilitado a prestar atendimento aos pacientes em domicílio.

wpid-logo-clin-peq19